.

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Ouvir com outros olhos

No sábado, dia 03, rolou um show do Forfun aqui perto de casa, na Lona Cultural de Jacarepaguá. E eu estava por lá, curtindo, pulando e vibrando muito. Há um tempo atrás, nunca me imaginaria nessa situação, eu não gostava nem um pouco da banda, achava as músicas ridículas e imaturas (como se eu fosse um poço de maturidade, né... rs). Na época retratada no meu último post, por exemplo, eu não suportava as tais "bandinhas" que começavam a despontar, sendo Forfun o principal expoente desse novo segmento. Pois bem, eu cresci, amadureci, e o Forfun também. Sorte nossa.

Sorte minha, que comecei a abrir a cabeça e os ouvidos pra novas experiências musicais, e deles, que cresceram junto com os fãs. Pois aquelas pessoas que há alguns anos atrás cantavam "Terra do Nunca" já não devem ser mais adolescentes estranhos e fora do padrão, tampouco o são os que compuseram tal letra. É interessante observar a mudança no pensamento dos músicos, como eles passaram de garotos que queriam se divertir, andar de skate e fazer sucesso com as garotas a homens pensantes, críticos da nossa sociedade atual, que querem passar reflexões em suas letras e... fazer sucesso com as garotas, por que não? rs

E a positividade presente em todas as músicas do trabalho mais recente, Polisenso, também pode ser sentida no show, emanada tanto pelos músicos no palco quanto pelo público. Todos na mesma sintonia, vibrando juntos, curtindo ao máximo cada minuto. E no meio da galera, pulando, suando e cantando, estava Rafael Neves, vocalista da banda F292.


É,
F292, aquela "bandinha" cujo som não tem nada a ver comigo, e que eu só conhecia graças à minha irmã e sua mania de não usar fones de ouvido. Enfim, o Rafa estava lá, e depois do show ele ficou um tempão conversando com uma galera do lado de fora da lona. Super na boa, simpático, educado, humilde e pé no chão, características que muitas vezes grandes nomes da cena musical brasileira não possuem. Até comecei a ouvir as músicas dele com mais carinho, admito. E tô gostando, admito. Ele conseguiu fazer com que pessoas que nunca tinham nem ouvido a sua banda se tornassem fãs, só com a sua simpatia e simplicidade. Fiquei imaginando o Rafael chegando numa menina... Ele nunca deve ter perdido uma só garota na vida, talentoso e gente boa do jeito que é. Vai longe ;)



*Dia 24/04, Forfun e F292 juntos na Festa dos Colégios, em Campo Grande. Pretendo :)

6 comentários:

  1. Assino embaixo... Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  2. Olá Gabi,(já tô me sentindo íntima, né?)
    Gostaria de parabenizá-la pelo blog e pelo post. Ah e te encontrei através do Twitter do Forfun...hehe..
    Gostei da maneira que você escreve e do que escreve...
    Parabéns mesmo!!
    E já estou seguindo vc, se tiver curiosidade passa la no meu blog, eu não estou postando todos os dias, mas estou presente todos os dias e é sempre bom fazer novas amizades!!!
    Abraços carinhosos..
    Jacelena Dourado.

    ResponderExcluir
  3. Ei Gabi, me add no msn (se quiser fazer nova amizade..Hehehe):
    jassinha_jdd@hotmail.com

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Oi Gabi, conheçi teu blog pelo twitter do Forfun, gostei do post tbm tenho banda e sei como é difícil se livrar de rotulações preconceitos e coisas do gênero. Se quiser add p/ fazermos amizade meu msn segue: romulo_roseveltty@hotmail.com
    Bjão!

    ResponderExcluir
  6. Todo mundo devidamente add :)

    Geeente, obrigada pelos elogios e pelos comentários, voltem sempre!! =D

    ResponderExcluir